Queridos amigos, mais uma vez um simples poema, vira dueto, terceto...etc
E torna-se uma ciranda com 58 poetas.
Agradeço à todos que participaram
Foi um enorme prazer partilhar "alma da poesia" com todos os amigos.


 Selo de participação

e

E-book

no final da página

 

 Participantes:

1-Candy Saad
2-José Ernesto Ferraresso
3-Roze Alves
4- Augusta Schimidt
5-Clara Costa
6-Edson C. Contar
7-Ariovaldo Cavarzan
8-William Marques
9-ZzCouto
10-vera Hernandez
11-Schyrlei Pinheiro
12-Paulo Silveira de Ávila
13-Naidaterra
14-Mavi Lamas
15-Hilda Rosa
16-Maria Thereza Neves
17-Ervin Figueiredo
18-Esther Ribeiro Gomes
19-Fátima Abrantes
20-Reginaldo Honório da Silva
21-Marilda Conceição
22-Marcial Salaverry
23-Daniel Cristal
24-Madalena Müller
25-Tereza Gonçalves
26-Silsaboia
27-Verana
28-Armando de Souza
29-Zenaida Giovinazzo
30-Mardilê Friedrich Fabre
31-Célia Lamunier de Araujo
32-Anna Paes
33-Ary Franco
34-Vanderli Granatto
35-Madalena Gomes
36-Ana Maria Pupatto
37-Ary Franco
38-Maria Tomasia
39-Luiza Benício
40-Tânia Sueli Oliveira
41-Cássia Vicente
42-Ceres Marylise
43-Elaine Ermel
44-Eugénio de Sá
45-Faffi
46-Gislaine Canales
47-Gildina Roriz
48-Neuza Mendonça
49-Penhah Castro
50-Pilar Casagrande
51-Vania de Castro
52-Cel (Cecília Carvalho)
53-marly caldas
54-Nadilce Beatriz
55-Marinez Stringheta/Mara poeta
56-Eri Paiva
57-Iracema Zanetti
58-Véra Lúcia de Campos Maggioni®

  

Alma da poesia


Candy Saad


Poetas viajam
buscam estrelas para enfeitar versos
pegam a lua nos braços como se fosse sua
...Param as águas dos rios
para eternizar um momento de amor
Com os sentimentos á flor da pele
depositam um beijo sagrado
na alma do amado
num poema de amor.
Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T2225615




Alma do Poeta

José Ernesto Ferraresso

Poetas divagam
à procura de emoções
para colorir seus poemas,
apegam à natureza
ao mistérios e ao amor.
Procuram um sustento
que os façam delirar
em seus versos e navegar
nas profundezas do espírito.
Com a vontade e o rabisco pronto,
se apegam ao coração
e deixam fluir suas ilusões
e através da poesia
vivem seus instantes de amor.
Serra Negra




Alma da Poesia


Roze Alves

Poetas fazem mágicas
Colorem a dor sem rancor
Pintam a tristeza com alegria
Riem de dos outros e de si
Entendem não só de amor
Ah! O poeta entende da vida
Seja ela feliz ou sofrida
Poeta é uma brilhante luz
Que tem como alma...a poesia.
Amanhecer-M
 


Poesia da Alma
Augusta Schimidt

Poesia que sai da alma
É poesia encantamento
Leve brisa sonora
Brando sopro de vento
Palavras faladas
Cadencia gostosa
Como as borboletas
Quando planam sobre as rosas
E a poesia quando sai da alma
Tal qual um canto pungente
Cheia de magia se faz presente
E o coração acompanha
Esse compasso que o poeta sente.
Campinas/SP



POESIA É VIDA
Clara da Costa

Poesia é vida,
é sangue que corre em nossas veias,
passa por nosso olhar poético,
derrama-se no derradeiro caminho da emoção.
A poesia é como sangue vermelho da paixão,
que vibra nas ondas emocionais,
trazendo ao coração do poeta,
a beleza de sua inspiração.
Praia de Pipa/RN


ALMA DA POESIA

Acalma-te, poeta!...
Não és dono dessa alma poesia.
Olha à tua volta e sente
Nas flores, no vento, no canto,
No horror e no encanto
E por todo canto,
Onde existe a magia.
Ela é ubiquidade...
Está na verdade, na mentira,
Está na noite e no dia,
Na ave, nos ovos,
No silêncio, na melodia...
Edson C Contar
Campo Grande (MS)




Alma da Poesia
Ariovaldo Cavarzan

Almas poetas,
ora cantam dores de amores,
e ora ressumbram perfumes de flores,
feito sachês recheados
de corações apertados,
liberando a mais pura essência
e o mais alcandorado queixume,
que emanam da paixão.

Campinas (SP)



Poesia, a alma do poeta
William Marques

Poetas vivem a magia do amor..
A alma voa em versos,
Para nos braços da amada aportar
Transpõe barreiras, viajam na brisa
Nas lembranças os momentos..
A lua é sua companheira, ilumando as madrugadas...
Sonhando em beijar a sua amada..
Minha alma é pura poesia..
Gritando em letras os segredos de um amor...
Extravasando uma saudade, para dirimir um pouco a dor!


Alma da Poesia

ZzCouto

Poetas sonham,
vivem suas paixões,
e eternizam o que escrevem.
Eles sofrem, mas encontram a
luz do sol, generosa, infiltra-se
em inúmeros cantos,
fazendo brilhar sua inspiração,
alimentando as batidas
do coração.



Alma triste de poeta
Vera Hernandez
( GAMINE )
Alma triste... Que chora...
Alma vazia, sem nada para dar
nem receber...
Alma, de ti sobrou o quê?
NADA!
ABSOLUTAMENTE NADA!
Essa minha alma triste que tenta poetar...
É minha mais sincera loucura!
Vera Hernandez
( GAMINE )
POA/RS


Alma do Poeta
Schyrlei Pinheiro

Delira entre versos,
completamente livre; flutua no espaço,
desatando sentimentos;
no tempo, as horas não marcam
os instantes sonhados
e, de sua luz, nascem pensamentos floridos
para perfumar a vida de amor.
Sem raízes, pode navegar sobre as águas;
na terra fértil, sempre abre os braços
para proteger os apaixonados,
que viajam além da imaginação,
esculpindo, em letras,
a fonte de inspiração.
Poetas são anjos,
fundindo corpo e alma
na eterna paixão.



Alma da Poesia

Paulo Silveira de Ávila


O enlevo de poeta só se alcança
com o coração da alma.
Um coração que pulsa,
no aconchego do peito,
já é poesia.
A cadência no ritmo dos versos
acorda o sono da solidão,
caminha, colore o espaço,
rompe o silêncio, cala a dor
e se chama amor.
O poeta dedilha a harpa eólica
da sinfonia que jamais por outro
será igualado.



POESIA DE UM POETA
Naidaterra

E a ele fui com o peito arfando
cedendo a um desejo inevitável...
Rasgou-me o véu da nudez,
e eu me permiti ouvir o som do prazer...
De posse concedida, fez-me mulher,
poesia de um poeta...


Alma de poeta
Mavi Lamas

O poeta sente a solidão
Na fragilidade de sua realidade
Sente a saudade como ninguém...
E torna o espaço físico do mundo
Menor que o amor que sente...

Sem a presença do amor...
De sua magia perdida...
As palavras ressoam
Como tábuas de salvação
Na falta do amor...
Daquela beleza fugaz desaparecida
Para ele o mundo assim diminuía,
Se restringía...Se empobrecia...




Alma de poeta

Hilda Rosa

Que tudo diz,
Deixando transparecer nos olhos
todo o amor e paixão.
Suas cores espelhadas,
rabiscam o caminho...
suavizam os corações
enternecem os desapaixonados
Apaixonam os enamorados.
Teresópolis - RJ



Alma eterna poesia

Maria Thereza Neves


cortinas em ondas
vento que sopra palavras
ultrapassando todas as vidraças
atingindo almas-poetas

vibração-fonte do sempre
eterna-fantasia
sombras de se
do imagimáro ter sido
no futuro ter ido

mundo infinito
desdobrando em infinitos mundos
encruzilhada de sonhos
paginas virando
compondo sinfonias
segredando
a verdade do viver
em almas
a eterna-poesia



ALMA DA POESIA

A exata expressão do sentir,
Na palavra que brota em si
Quando a alma precisa falar.
A dor que fica sempre escondia,
A lágrima que cai faz sorrir,
No sofrimento com nada a contar.
Passeia nos recônditos da vida,
Dando cores onde o brilho apagou.
Mesmo em mares de maré vazia,
Sentimentos se expande e convida:
Brindemos, que o pior já passou,
Se elevando a alma da poesia !

Ervin Figueiredo
Americana/ SP




VIDA DE POETA
Esther Ribeiro Gomes

Em cada verso que traça,
o poeta encontra graça
e vai pincelando flores
que pela vida colheu...

Se acaso descreve a dor,
é certo que já sofreu
a desilusão do amor...
Quando fala da alegria,
sua alma fantasia
o sonho que não morreu...

Às vezes finge emoção
que não tem no coração,
só para enganar a vida
e acalentar a alma
que suspira de saudade,
da doce felicidade!
 


Alma da Poesia

Fátima Abrantes

Num universo de amores
ao som de canções e seus tambores
Vibrando à luz do Amor e da Lua
Vai o poeta a versejar
com loucura...
Seu sentimento, sua paz, sua dor
com requintes de ardor e formosura
Sonha, chora, delira
Ao êxtase chega
com ternura...

Serra Negra



ALMA DA POESIA
Reginaldo Honório da Silva
O Poeta da Estrada

Cá pensando com meus pensamentos fúteis
Pensei numa poesia que tivesse alma
E poeta que me fiz de pensamento
Plantei letra por letra em lata de terra santa
E as sílabas que brotaram espalhei pelo chão
Do firmamento que cobri de romance

De ferramentas de jardineiro em punho
Labutei cada palavra como se fosse a última
Como se fosse o único amor do mundo
Descobri que a poesia é fagulha infinita
E no infinito mostra a alma ao inócuo poeta.
Rio Claro


Alma de Poeta
Marilda Conceição


Poeta navega em emoções,
voa em sonhos e ilusões,
Poeta ama a natureza,
namora o sol e a lua.
Do mundo, encanta-se com a beleza
e absorve as tristezas.
Vai além da imaginação.
Usa máscara,
cria, inventa, finge, fantasia.
Chora de saudade,
faz da tristeza, alegria.
Soluça por amor.
Sorri sentindo dor.
Poeta é um sonhador
que com toda magia
derrama em versos,
do mais profundo da alma,
sentimentos de amor.
RJ



A ALMA DO POETA
Marcial Salaverry

A alma do poeta,
com toda certeza,
tem vida própria...
Costuma passear,
sem destino definido,
em eteridade, semiperdido...
Diz-se que quando
um poeta morre,
sua alma segue poetando
por toda a eternidade...
É preciso saber entender
essa complexa alma poetal,
para saber sentir
e poder captar
o ambíguo sentido
de suas palavras poéticas...

Marcial Salaverry



POÏESIS DE AMOR ERÓTICO-AGAPIANO
Daniel Cristal

A lágrima que sai do mais desgosto
aquela que irrompe do nosso imo
e brota espontânea não é hino
porém o desamor - amargo gosto

E quem assim a brota no sol-posto
quer ser amante duma divindade
- a formosura da alma sem idade
no transe do sorriso deleitoso

Vai e vem - é o amor que arrebata
vai quando estiver na sua hora
e volta sempre co' a sua Arte intacta
ou no amor agapiano que nos toca

Sendo eros melhor - será ser divino
- o divino construído num só hino.
Portugal


Poesia é...
... quando ouço o seu som
fazendo-me bailar em todos os pensamentos;
... quando recebo seus escritos
fazendo-me viajar nas entrelinhas;
... quando vejo sua imagem
fazendo-me pincelar em todas as cores;
... quando num toque distante
fazendo-me percorrer léguas no amor;
... quando na calada sinto sua presença
fazendo-me despertar a sua chegada;
... quando na incógnita dos mistérios da lua
fazendo-me vem todos os sorrisos dos raios de meu rei;
... quando na gota escorregada chegas
fazendo-me revigorar os alfarrábios de minha jornada;
... quando aguças todos meus sentidos
fazendo-me dedilhar os reflexos num teclado,
onde minha alma canta ao desabrochar
no colo de um infinito arco iris...
... quando fico assentada bem perto de Deus.
Madalena Müller




o poeta
é um universo livre
um universo sem fronteiras
tem a liberdade do vento
na ascensão do pensamento.
o poeta
flutua sob o ar
circula o sistema solar
escala o céu
aspira a lua
lê nas estrelas
acompanha o vento
aquece a neve
e dá melodia à chuva.
o poeta
vai onde o leva a sua inspiração
numa impetuosa corrente
para acariciar a terra
beijar o mar
abraçar vales e montes
e fazer despontar novos horizontes
com o calor do fogo de um vulcão.
o poeta é a voz da natureza
quando sublima a sua beleza
na inocência duma criança
na ternura duma flor
no silêncio duma árvore
na nobreza duma ave.
o poeta
é a rosa - dos – ventos
o clarinete do alerta;
estigmatiza o opressor
acorda consciências
condensa sentimentos
fertiliza a felicidade e desenterra a dor.
o poeta
procura a síntese do sonho
transcende o real e o abstracto
hora a hora
ri, soluça , chora
e no papel sustém a sua haste.
o poeta
sonhador ou fingidor
chamem-lhe lá o que for
tem a essência criadora da liberdade.
grilhão algum pode prender as suas asas
porque o poeta viaja sempre
nas asas do amor.
Teresa Gonçalves




GRANDE POETA


Te fiz poeta porque te amei?
E dores causei?
Então me agradece
um agradecimento profundo.
Pois te fiz sem querer
o maior poeta do mundo!

Silsaboia



Poeta


Poeta é aquele que transforma
o sofrimento e as alegrias em emoções.
O poeta não é egoísta
precisa doar a sua alma
e dividir com todos um pouco de si mesmo.
O poeta em poucas palavras
derrete corações endurecidos,
tira máscaras daqueles que não se mostram.
O poeta se dá desnudo
e sem constrangimento,
expõe todo seus sentimentos.
O poeta extrai de si o que tem de melhor
e traduz em palavras esculturais.
O poeta sabe que é especial
e faz de tudo para não se
aclamar talentoso.
Eu queria, um dia, ser poeta.

Verana


poeta não morre
Não... o poeta não morre...a poesia o faz viver
Em cada verso, em cada rima, Poeta vive ao escrever
Escrevendo a verdade e o amor
Poeta sobe a seu pedestal
Com um jardim de paixões ao seu redor
Na mente dos poetas não morre, é imortal
Camões morreu? Ou António Pessoa?
Não... sua poesia bela ressoa
No meu coração tenho Florbela Espanca
Para mim não morreu, viajou
Anjo que seus pensamentos me atranca
No coração de tantos poetas e amantes entrou
José Saramago Morrerá?..
Se este morrer, quem viverá?...
Quem afirma que o poeta morre, está a brincar
Ou talvez o afirme a sonhar
Hoje te afirmo, se o poeta morrer algum dia
É porque este nunca foi capaz de escrever poesia
Não escrevia poesia de enternecer
Nem contos de ninar
Não era poeta, tinha de morrer
Não podia ficar
Falais de alma; ainda não aprendi o que e isso
Creio que me quereis falar do ser que vive no poeta
Falais da crença das religiões; o maior reboliço
Escrevo sobre o ser humano; o resto e treta
Por Armando Sousa





A POESIA E O POETA


Zenaide Giovinazzo

A poesia é fé, oração,
alivio para a viva alma,
cântico para o coração.
O poeta, seu fiel servidor,
inventa caminhos, formas,
e da inquietação em brasa,
apoiando-se nas palavras,
atenua o velhaco sofrimento,
ou faz brotar sonhos de amor!




Procuro-me

Volto-me para o meu interior,
Buscando explicações para entender
Este sentimento ameaçador
Que deixa confuso o meu ser.

Imergir em minh´alma poesia
Surpreender a verdade de mim.
Abrindo minha caixa carmesim,
Moldar por um momento a fantasia
E celebrar a almejada harmonia.

Mardilê Friedrich Fabre

 


ALMA da POESIA
Célia Lamounier de Araújo


Criado de uma idéia, o ser
nasce no mundo vindo da Luz
livre para buscar, não só estrelas,
mas no fundo da alma os momentos
que ficaram de pessoas, não fatos,
só a fantasia criada
pela imagem que passou
só a impressão, a beleza
do verso escrito que marcou,
da música forte
que se fez caminho
e levemente qual borboleta
se desprendeu melodia
do inconsciente da alma
num pensamento cresceu
e voando vai te encontrar.

www.celialamounier.net



Nua caminha a Alma do Poeta!
De repente se veste!
Palavras desencadeiam versos
Estrofes, estoteantes poemas
Não importa se de amor ou dor
São versos recheados da Alma!
Anna Paes




ALMA DA POESIA
(Ary Franco)

Meu peito torna-se pequeno quando invadido
pela inspiração acumulada em minh'alma, da poesia que quer falar.
Às vezes triste, outras vezes alegre, mas sempre regada em lágrimas
doces, amargas, salgadas ou insossas que teimam em umectar minha emoção.
Sem elas, o poema seria seco, utópico, sem devoção...
Conto sempre com essas gotas vertidas de meus olhos, emanadas do meu coração,
para dedilhar no teclado deste computador o meu claudicante poetar!
Miguel Pereira - RJ


Alma da poesia
Vanderli Granatto


Poesias irradiam emoção surreal.
Caem do céu, habitam a alma,
Envolve a todos, com ternura angelical.
Em perfeita sintonia com o universo,
Com dilúvios de boas energias,
Poeta dá vida à alma da poesia.
Elabora obras, com soberania.
Extravasa a sinfonia, em versos,
Grafa em letras sutis, o sentir,
co- habitado por tensões.
Engrandece a cultura, enaltece corações.
Feliz realiza-se, ao conseguir,
o propósito; transmitir.




Alma da Poesia


É ela que enlaça minha alma
Deixa-me em frenesi
Num ardente desejo de tocar o luar,
passear pelo Universo a meus versos enfeitar.
É a alma da poesia que me encanta
Faz-me criar fantasias, poemas de amor
E toda minha história de formas, cores e mágias
Esqueço dores e rancores, às vezes amores.
É ela minha alma em forma de poesia.

Madalena Gomes
Campina Grande, PB



Alma da poesia

Volita pelo espaço desse infinito Universo
em busca de um corpo que a permita habitar
com toda sua incoerência, verso e reverso,
impermanência e transparência a palpitar.

Deseja que a dualidade do animus e do anima
manifeste-se em consonância com a emoção.
Síntese, lógica, forma, organização, rima...
Sensibilidade, harmonia, melancolia e paixão...

Reverbera a cintilação de pedra preciosa
trazida das furnas do inconsciente do poeta
que lapida com sua pena, de forma minuciosa,

as entrelinhas de linhas que o locupleta,
cobertas pelo véu da metáfora maviosa
do solene fado escolhido que na alma desperta.

Ana Maria Pupato



ALMA DA POESIA

Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]~


É a poesia, o sopro divino
Que criou com toda certeza
Dentro do humano coração
Tanta ternura e tanta beleza

Poesia é como raio de luz
Que da brilho a escuridão
É o doce olhar que Jesus
Nos deu com o seu perdão

Certamente a alma da poesia
Esta dentro de nosso coração
Aonde Deus com sua alegria
Plantou amor, sonho e a ilusão

Portanto a Alma da poesia será
Extensão do amor vindo de Deus
E que sempre, sempre, reinará
Para encantar os filhos seus....



Alma da Poesia
Maria Tomasia

Tenho a alma colorida
com as cores da poesia:
cada verso é minha vida,
sem nenhuma hipocrisia.
Até nos sonhos faço poemas,
estou sempre à procura de rima
para torná-la mais bela ainda.
Crio asas e voejo até as estrelas
para de mais perto, vê-las.
Falamos de amor e até da dor,
dirimo minhas dúvidas e dissabor.
Retorno leve como o sopro do vento,
porque a poesia é o meu alento.



Alma da poesia

Luíza Benício


Procurei alma na minha poesia
Mas não a encontrei fácil
Acho que ficou muito escondida
Ou ignorou minha procura...

Será que quem a ler vai encontrá-la
Gostaria de criar uma com alma
Que levasse aos meus leitores
Uma mensagem de Amor!

Mas teria que ser poeta, o que não sou
Talvez seja esta a razão
De não querer ficar à amostra

Permanece às escondidas
No âmago do coração,
Pois lá dentro, ela estará viva!




POESIA & POETAS
Tânia Sueli Oliveira

Sentimentos diversos fluem
do coraçãozinho dos poetas
e desabafam em seus versos
a dor da saudade, partidas ,
carinhos, esperanças, sonhos
e alegria de um amor vivido.

Sonham, choram, sorriem...
"vivem no mundo da Lua"
e acreditam no amor eterno
que chegará e tomará conta,
será como sentir uma música
e sairão dançando pela vida !

Poetas, poetisas e suas poesias
serão sempre sensibilidade linda,
com alma maravilhosa e coração,
seguirão com suas palavras,versos,
rimados ou não, alegres ou tristes...
falando de saudade, sonhos, amor !
Marília-SP/Brasil




ALMA DA POESIA
Cássia Vicente

O que seria da Alma
se não existisse poesia!?
Decerto a Alma morreria,
ou não nasceria.
A poesia é a alma da Alma,
é a verdade que nâo finda...
A alma da poesia está intrínsica
na Alma do Ser.



MINHA POESIA
Ceres Marylise


Com você, minha poesia,
consigo parar o tempo
e o faço somente meu.

Sobreponho meus limites,
e sou capaz de tocar
a imensidão infinita.

Despojo-me do que assusta
e converto meus receios,
num suave gargalhar.

Tomo toda sua força,
sopro todo o sentimento,
sabendo que vou chegar.






Poesia
Elaine Ermel

Poesia que ofusca-me a razão,
me conduz em devaneios pela mão
por caminhos repletos de emoção,
Que me acalma.
Ludibria em mim a dor diante da realidade,
da falta de insensibilidade,
do egoísmo, da ausência do perdão.
Que na minha'lma revigora a flor do amor e da paixão



Alma imortal
Eugénio de Sá


Quando esburgada desta pele que a cobre
A minha alma ao etéreo se elevar
Nas cerúleas alturas alguém há de mandar
Que outra vida eu cumpra, vil ou nobre

E este mundo de novo me terá
De bom ou mau vestido a acobertar
Uma alma dormente que a penar
Outro provável corpo buscará

Ninguém voltou do Além memorizado
Do que o Pai nos tem já reservado
Que pudesse contar seguramente

Mas manda o nosso cerne acreditar
Que nesta terra há muito a caminhar
E que esta chama viverá pra sempre



Alma Da Poesia
faffi

Poetas voam em sonhos,
procurando inspiração...
Atravessam as nuvens,
chegam ao céu, apanham estrelas,
para enfeitar o papel onde seus versos
vão repousar tranquilamente.
A alma do poeta é cheia de nuança,
de ternura, de mistério.
O poeta verseja fazendo o leitor acreditar,
que seus sonhos são verdadeiros.
Suas poesias são a fonte do seu amor pela vida.



Alma da Poesia

Novo sentido de vida,
novo amor,nova guarida,
mais um pouco de emoção,
para sentir alegria,
nem que seja por um dia,
procura meu coração!

Gislaine Canales


Alma da poesia

Gildina Roriz

Poeta que não ama,
é terra não adubada.
Sem adubo a terra não produz!
Sem amor o poeta não cria,
não é capaz de escrever nada...
Amor de família.
amor de pai, de mãe , irmãos !
Amor de esposo, esposa,
filhos, namorado, namorada...
Amor de pessoas queridas!
É esse o sentimento
que sustenta nossas vidas!
É o amor, a alma da poesia.





Alma da poesia

Neusa Mendonça

Escrever preciso
Ou perco o juízo
A poesia em mim habita
Escrevo com a alma
Tudo ditado pelo coração
Não há uma palavra sem emoção
È o interagir da intimidade com a realidade
Sentimento verdadeiro
Tudo em perfeita sintonia
Onde fascina o amor e a magia
Letras que caiem como se fosse colorir o universo
Em forma de aquarela e todas se transformam
Em sentimentos palavras sublimes de todas as mais belas


ALMA DE POETA
by Penhah Castro


Minha alma canta e se encanta
Quando falo da minha emoção...
Deixo transbordar o meu coração
numa cachoeira de sentimentos
que me deixa encantada...
No solo do amor plantada!
Falo da minha alegria
Pelo simples fato de viver o dia a dia...
Falo da minha tristeza
por dar tanto amor
a quem nunca me amou..
Falo da minha decepção
quando alguém promete ajudar
e, se esquece de cumprir qualquer ação...
Falo em solidariedade
quando exerço o compartilhar...
Minha alma de poeta é sensível
mas sempre consegue perdoar...





NOS BRAÇOS DA POESIA
Pilar Casagrande

Meu Deus, senhor meu Deus, escuta, escuta,
Não me abandones, não meu Deus eterno
Não me abandones nesta amarga luta.
Nesta peleja ardente com o inferno!

Fazei com que o meu cérebro trabalhe,
Fulgindo como um astro no horizonte
E que um intenso resplendor se espalhe
Constantemente sobre a minha fronte.

Gênios dos bosques, solidões medonhas,
Rios e montanhas, selvas e rochedos,
Terras longínquas, rudes e tristonhas,
Terras de exílio, terras de degredos;

Vinde, vinde animar meu estro brando,
Nos arroubos sem fim da fantasia.
Quero viver assim sempre sonhando,
Quero morrer nos braços da Poesia.



ALMA DA POESIA

Vania de Castro

véus esvoaçantes
em tons amarelo-ouro
navegam pelo tempo
tocam manhãs e noites
espalham ao vento
palavras dançantes
transformam-se em versos
e compõem poesias singulares
pelos ares
Impregnados por amor incondicional
tocam os corações
ligam-se ao todo maior
tem como maestrina
a alma da poesia


Alma da poesia
Quisera eu minha alma pudesse viajar
e como antes encontrar entre as estrelas
os versos que nela volitavam e me encantavam
deixar que meus olhar se perdesse entre elas e a lua
e navegar naquele mar que eu adormeço todas as noites e sonhar...
Querer é desejar, é realizar e eu espero confiante
só não espero mais voltar a amar
sonhar e versar me bastam ...
*** Labirintos da Alma ***
Cel (Cecília Carvalho)



Alma da poesia

Poemas brotam...
da saudade...do amor...da tristeza
mas sempre começam no coração
coração dos amantes
cheios das mais variadas emoções
e vão transbordando
por ai se espalhando
e quem sabe se o meu poema
ao seu coração não chega
e nele se aconchega
esperando minha chegada
para nele também ficar...

marly caldas



O QUE DITA A MINHA POESIA
(Da minha alma de poetisa)

Pertenço ao barro
À terra macia
Composta de campos
E densa mata soturna
De minha prenhez
Sou sua própria cria

O que dita minha poesia
Já nasce pronto
Pode ser ideia vazia

Meu maior pecado
É calar o pensamento
Lavar o cabelo com orvalho
Caído da boca do sereno
De uma noite solitária
Toda desnuda ao relento

O que dita minha poesia
Nasceu comigo num tempo
E agora me extasia

O que faço de mim mesma
É algo vil, inusitado
Proponho ao ‘dolce far niente’
Uma paixão descabida
Onde o perigo esmorece
E todo pudor foge aviltado

O que dita a minha poesia
Está contido no Universo
Ao amor somente contagia

Nadilce Beatriz


Alma da Poesia

Alma da Poesia
Ao sonhador atrai
Nas entrelinhas se esconde
Ao divagador distrai
O pensador questiona
Nas palavras ora se mostra
Ora se retrai...
Funde-se com a alma do Poeta.

Marinez Stringheta/Mara poeta



APELO DA POESIA
Eri Paiva

O que quer a poesia dizer,
O que pretende expressar,
O que deixa transparecer?
É o que nos compete falar.

A poesia quer registrar
Os sentimentos da alma,
O que estamos a guardar
Que nos aflige ou acalma.

São sentimentos do belo,
São sentimentos da dor.
Aqueles, puros, singelos,
Estes, nem sempre terror.

Registra nossas vivências
E as lições do dia a dia.
Bem como as experiências
De tristezas ou alegria.

Mas o registro poético
Não é um registro qualquer,
Mesmo sendo um homem que fala,
Fala com coração de mulher

Há muita emoção contida,
Sensibilidade e ternura;
Por trás das letras, embutida,
Tem muito amor e doçura.

É que a poesia é um hino
De encantamento e louvor.
É o registro feminino
De Deus-Mãe, do seu amor.



Alma da Poesia
Iracema Zanetti


Ser poeta significa ter uma alma abençoada
Pois somente através dela poetas escreverão
E divulgarão seus lindos versos iluminados...

Serei eu poetisa como penso
Ou apenas uma mulher apaixonada
Talvez a vida ampara-me
E faz expandir meus versos...

Alma de poeta tem que ser formosa
Para que haja em sua vida
Inspirações meigas e maravilhosas...

Há quem não goste de poemas
Por isso afastam-se e negam-se a lê-los
Privando-se da felicidade
Pois não conhecem e nem sabem
A beleza da vida que encontrariam neles...

Poetas escrevam poemas singelos
Usando somente doces e alegres palavras
E tentem expandi-los a amigos teimosos...

Ao recordarem daqueles momentos de felicidade
Ao lembrarem de uma história inesquecível
Vivida ao lado de cada um dos amigos
Que até hoje não se separaram.

Talvez escrevendo a cada um deles
Doces recordações de um tempo
Que não voltará jamais
Eles haverão de ler suas histórias e poemas
Sempre inacabáveis...


A Alma da Poesia, Existência...!
Véra Lúcia de Campos Maggioni®
Vera&Poesia®

A plena Poesia no coração transcorre!
O poema é o que a mente discorre...,
Que haja a Poesia adjunta- luz presente,
Em olhos internos de vê-la em presente!

Poesia é sintonia, não é matéria nem biografia,
Em percepção e interpretação o ser vivencia
A Poesia que está na sua própria existência;
- O Ser é ao Universo indizível universo, -
Inefável Ente!

Na Alma da gente há perene Poesia! -
Em ressonância, conexão e energia
A Alma da Poesia é o que se sente
No âmago da Poesia, é a excelência
Que se pressente no ânimo da gente,
Intraduzível - singular como o Amor,
Sendo o Tudo, ao todo do momento!
-
Curvo-me: - Flor de Lótus!


Véra Lúcia de Campos Maggioni®
Vera&Poesia® Em 04/02/ 2011.
Publicado no Recanto das Letras sob
Código de texto: T2778025 - veraepoesia
Direitos autorais reservados
 

 

 

 

 

 

 

E-book

 

Copyright©2011
ArtedesignerMenezes®
webdesignerCandySaad®
Todos direitos reservados